Pular para o conteúdo principal

aforismas II

1. Pessoas me doem como pregos enferrujados.

2. Pior cego é o que não quer ver. Na verdade, somos todos cegos de sentidos, por isso a vida não passa de um diálogo de cegos. Ninguém te vê. Você não vê ninguém. E o espelho que a vaidade carrega que faz com que a gente acredite que se vê, olha só: É concâvo, é embaçado, é sujo.  Tudo é falso. Somos cegos do pior tipo.

Comentários

  1. Nossa...que pesado esse aforisma!!!
    Já viu o doc "Janela da alma"? É muito legal, tem o Saramago falando de sua quase cegueira, tem o Sivuca, e um monte de gente...cada qual com as suas cegueiras e visões...bem legal
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Bem isso que eu ia postar, também achei pesado o aforisma.

    Ensaio sobre a cegueira?
    Nem tão ensaiada no teatro que é a vida.

    Gostei de saber que vc conhecia Far Behind do Eddie Vedder aeiuehaueueaheau

    ResponderExcluir
  3. Depende do observador.
    Jehcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

...

E ela caminhou só por tanto tempo
que não sabia se tinha se desligado do mundo
ou se o mundo tinha se desligado dela

A não ser pela pequena base, os irmãos que
entre um mundo e outro
 sussuravam

nada importava
e não fazia diferença

a nao ser
nos breves momentos
de aconchego
solitario.
Um dia eu parti meu coraçao.
e vc juntou os pedaços
e colou
com paciência.
Já tinha feito isso antes
e não tinha medo
e foi difícil
até que sua mão era a que eu podia
segurar no escuro
e sua respiração era meu ar.
Mas era mais
Por que eu era eu
e era
forte
e sempre seria
e foi você que me deu isso
como um veu retirado
da realidade
mas agora
é tudo cinza
e eu estou só
inteira
e sozinha
e a mesma
mesmo querendo ter melhorado mais
Mas inteira não é mais suficiente
não sem o seu abraço.

...

E veio o mel, cobrindo tudo com o doce e dourado...
Para lembrar que o que vale a pena
é difícil
leve
e brilha, dentro, bem dentro,
onde o que mais importa mora.
E veio o mel, zumbindo, com todos os pequeninos seres
e ele iria embora, se existisse medo.
e tudo ficou doce.