Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

para o sr desconhecido que não lê o blog

(pq as inspirações tem q ser nomeadas)

Não é mais assim q vc me ganha.
Assanha, com manha, papos de aranha.
Será que pediu conselhos?
Posso imaginá-lo falando com outro.
O afoito
dos olhos de coelho.
Me faz rir
Só que nada me ganha agora
virei colibri
aquele dos astecas, mortos porque lutaram
morreram, sem demora
Os olhos embotados
Sangue
Coração despedaçado
no peito.
Não, não, não.
Não é despeito, respondo
sem jeito.
É respeito
pelo que sou agora
a mesma
nem um pouco mais sábia
apenas mais venenosa.
Só me tocas, como quem toca os gatos.
Quando eu quiser
O preço é morrer sozinha, e escondida.
Mas as asas são bonitas, mesmo assim
um jeito de viver
até o meu fim.

me faça dormir...

Ouça minha prece, iubit
De onde estiver, que cante
Segure minha mão no escuro
A sinta tremer
Deixe-me contar seus dedos
Enquanto a madrugada espia, pelo vão
pequeno
da janela.
Você sabe que eu preciso dele
lembrete, profundo
de que voltarei
Ouça minha prece, iubit
Me abrace no escuro
sussure segredos no meu ouvido
para me fazer sorrir
E se eu chorar, iubit
Não fale nada
olhe meus olhos, enquanto os escondo, como criança
Dê-me um peito para chorar
Eu não preciso que seja forte, iubit
Eu não preciso que diga nada.
Eu preciso que esteja ali
como uma escolha sagrada
Segure minha mão e cante, iubit.
Só para os meus ouvidos.

Meu coração grita, e assusta a criança que quer dormir.
E sou eu mesmo
Sempre eu, iubit, um pobre narciso amaldiçoado
A olhar no espelho.
Só por hoje, iubit, para eu lembrar do que não lembro
Seja eu, mais que eu, sejamos dois, só por hoje.
Escute minha prece e não fuja
nem desista
de mim.

Rosas em meu leito.

Choque

Hoje, olhei um monte de fotos minhas e percebi que eu vou ser sempre a gordinha meio atarracada com cara de lua.
Não há o que fazer
não tem como crescer.

Deprimi.

Kelpie - Mägo de Oz.

KelpieOigan la historia que les cuento, por testigo pongo al tiempo, que así ocurrió:el dios de la lluvia gemía y lloraba y, por séquito, la niebla le acompañó.
Segundos antes de medianoche, en la hora en que las brujas toman el té donde el horizonte del bosque se esconde, en un claro, un posada a lo lejos se ve.
Su nombre era Kelpie, la dama del amanecer, en la noche de los difuntos se la puede ver. Tu alma quiere poseer.
Dicen que vivió atormentada que su principe era de los de prometer al meter y una vez yacido olvidar lo prometido y los nueve meses ni el pelo se dejó ver.
Su nombre era Kelpie, la dama del amanecer, en la noche de los difuntos se la puede ver. Tu alma quiere poseer
Por conocer varón fue condenada, enterrada en vida entre muros, Kelpie murió, y desde ese día su alma te guía hacia la posada donde le conoció.
No beses su boca si a medianoche tú la ves, pues si acaricias esos labios siempre morirás de pie entre los muros, ya hay ciento diez.
Su nombre era Kelpie, la dama del amanecer, en la noche de…

Quantos textos vc não escreveu

Pq era frágil e faltavam palavras? Ou por que era covarde e as palavras sobravam, tantas, que eram contidas?

O ano do escorpião, o amigo me disse.
Morte, sangue, dívidas, mais morte
Crença nenhuma
Apenas a mais profunda.
De que eu não sou o suficiente. Qualquer coisa o suficiente.
Posso listar adjetivos no alfabeto inteiro.
Eu apenas não presto, não basto, não consigo.
Ok, perfeita a espalhar o tédio. Mas isso não conta como adjetivo, conta?
Que destino é esse a perseguir como miragem?
Nada existe
As pessoas não são como se pensa.
Ou melhor, são sim, mas não como vc pensa e lamenta.
Pq a crueldade é só sua culpa?
A burrice, essa sim.
Cruz tatuada na cara.
Sem, voz, sem eco, sem saudades
sem referencia
sem perspectiva
Morta.
Deito em meio aos escorpiões, abraçada.
O ano deles
Mas não adianta.
O dom final, eles não dão.
Não emprestam
Definhe e espere, sussura.
Mas eu posso esquecer por hoje, ao lado do vinho e do sono.
Até quando?

e as letras cessaram,

seus dedos, turvos
coraçao, faminto
tudo incha e arrefece.
Mas se lembrar, mande
amor
e luz... depois
no segundo seguinte
esqueça.
Não espere passar mais que um segundo
Isso é deveras importante.

Eu largarei a mão do ódio, iubit?
Preciso acreditar que sim.
O ódio tem a mão cheia de espinhos.