Pular para o conteúdo principal

Kelpie - Mägo de Oz.

Kelpie

Oigan la historia que les cuento,
por testigo pongo al tiempo, que así ocurrió:el dios de la lluvia gemía y lloraba y, por séquito, la niebla le acompañó.

Segundos antes de medianoche, en la hora en que las brujas toman el té
donde el horizonte del bosque se esconde, en un claro, un posada a lo lejos se ve.

Su nombre era Kelpie,
la dama del amanecer,
en la noche de los difuntos
se la puede ver.
Tu alma quiere poseer.

Dicen que vivió
atormentada
que su principe era
de los de prometer al meter
y una vez yacido olvidar lo prometido
y los nueve meses ni el pelo se dejó ver.

Su nombre era Kelpie,
la dama del amanecer,
en la noche de los difuntos
se la puede ver.
Tu alma quiere poseer

Por conocer varón fue condenada,
enterrada en vida entre muros, Kelpie murió,
y desde ese día su alma te guía
hacia la posada donde le conoció.

No beses su boca
si a medianoche tú la ves,
pues si acaricias esos labios
siempre morirás de pie
entre los muros, ya hay ciento diez.

Su nombre era Kelpie,
la dama del amanecer,
en la noche de los difuntos
se la puede ver.
Añora un amor tener.
 
"por dizer que se atira ao mar, no mar foi empurrada". (piada interna)
Mas eu adoro essa música.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

...

E ela caminhou só por tanto tempo
que não sabia se tinha se desligado do mundo
ou se o mundo tinha se desligado dela

A não ser pela pequena base, os irmãos que
entre um mundo e outro
 sussuravam

nada importava
e não fazia diferença

a nao ser
nos breves momentos
de aconchego
solitario.
Um dia eu parti meu coraçao.
e vc juntou os pedaços
e colou
com paciência.
Já tinha feito isso antes
e não tinha medo
e foi difícil
até que sua mão era a que eu podia
segurar no escuro
e sua respiração era meu ar.
Mas era mais
Por que eu era eu
e era
forte
e sempre seria
e foi você que me deu isso
como um veu retirado
da realidade
mas agora
é tudo cinza
e eu estou só
inteira
e sozinha
e a mesma
mesmo querendo ter melhorado mais
Mas inteira não é mais suficiente
não sem o seu abraço.

...

E veio o mel, cobrindo tudo com o doce e dourado...
Para lembrar que o que vale a pena
é difícil
leve
e brilha, dentro, bem dentro,
onde o que mais importa mora.
E veio o mel, zumbindo, com todos os pequeninos seres
e ele iria embora, se existisse medo.
e tudo ficou doce.