Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2010

Desejo de ano novo.

Eu tinha uma mensagem enorme p/ acompanhar, mas resolvi ficar mudinha...
Aos que eu amo, que amei, que odiei, enfim, aos que importam, é o que eu desejo.
O assovio de ser livre.

Boas festas para quem é de festas.

50

Estou aportando na praia do submarino.

Já dá para ouvir a música e os solos de guitarra

O mais legal de todos está tocando cítara e sorri.

Espero que ele me conte o segredo das estrelas.

fato

Algumas pessoas deveriam vir com uma etiqueta grudada: INDELÉVEL.

Assim, eu simplesmente manteria distância.
Ou tentaria, ao menos, quando os dedos do destino pararam os ponteiros.
Juro, eu lutaria se soubesse.
Nem teria estado lá.

E o engraçado ou bizarro é que por mais dor q eu carregue, como tartaruga... o mundo vai colocar o resultado em outro alguém.
Enquanto um enorme apetite carimba, descuidadamente...
Talvez, no fim seja só eu
Minha pele de papel seda
A ingenuidade irrefletida.
De quem nada sabia.
E esvaziou
como aquelas garrafinhas coloridas
do nordeste - que ironia.
Quando se quebram... a areia se espalha cinza.
bege
as cores fogem.
Assim é na minha alma agora, com sua letra escarlate.
presente
para lembrar q eu sou fraca.